Como a Tecnologia LoRa melhora a gestão preditiva e aumenta a produtividade na Indústria

Como a Tecnologia LoRa melhora a gestão preditiva e aumenta a produtividade na Indústria

Eficiência Produtiva – OEE

OEE é o principal indicador utilizado para medir a eficiência global. São várias as métricas que podem ser utilizadas na indústria para avaliar se algum processo é eficiente ou não. Tradicionalmente em programas de TPM (Total Productive Maintenance) utiliza-se muito o indicador OEE (Overall Equipment Effectiveness). O OEE tem como objetivo responder a três perguntas importantes: Com que frequência os meus equipamentos ficam disponíveis para operar? O quão rápido estou produzindo? Quantos produtos foram produzidos que não geraram refugos?

Como podemos perceber, a resposta a estas três perguntas nos fornecem um panorama geral da operação em qualquer tipo de negócio e, por este motivo, o OEE é considerado tão importante na indústria. Por meio da plataforma da 3GSOFT e implementando sensores com tecnologia LoRa por exemplo é possível calcular a eficiência global dos equipamentos através do índice OEE, e com a integração de sistemas legados possível contribuir muito para o aumento da eficiência da indústria.

Como funciona um sistema de eficiência produtiva industrial

3G IOT permite conectividade, análise em tempo real, relatórios e funções adicionais, como geolocalização.

1. Sensores incorporados com tecnologia LoRa são colocados ao longo de uma fábrica para monitorar os ciclos produtivos de diferentes processos de fabricação.
2. Os sensores medem periodicamente ciclos de produção de cada etapa de fabricação de peças (unidades) e enviam os dados para um gateway baseado em LoRa.

3. O gateway envia informações para a rede onde os dados são analisado por um servidor de aplicação na NUVEM.
4. O servidor de aplicativos gera um alerta para trabalhadores da fábrica ou supervisores via computador ou dispositivo móvel, poderem tomar as medidas necessárias em caso de baixos níveis produtivos bem como aumento de refugos.
5.Os dados coletados do sistema são armazenados em um banco de dados de controle de qualidade para referência futura e tomada de decisões instantes podendo tornar o processo produtivo mais autônomo, ou seja, é ainda possível implementar atuadores para executar tarefas de paralisação/ retomada de uma linha de produção ou de equipamentos específicos.

BENEFÍCIOS

• Permite calcular OEE = Disponibilidade X Performance X Qualidade de cada turno/máquina/equipamento/linha produtiva.

• Aumentar o rendimento e a qualidade da produção através do uso de sensores incorporados na tecnologia LoRa.

• Proporcionar aos fabricantes flexibilidade para usar uma rede pública ou privada baseada em LoRaWAN para maior controle sobre qualidade e custos.

• Suporta ambientes alimentados por bateria e de energia contínua para atender às demandas de várias situações de monitoramento.

• Link de comunicação RF confiável entre a infraestrutura de detecção e a rede baseada em LoRaWAN oferece excelente cobertura.

• Possibilidade de integração via API com sistemas (ERP) e sensores de terceiros.

• Geração de dashboards executivos (gráficos, tabelas, indicadores) da produção.

APLICAÇÕES

Para uma ampla gama de processos de fabricação e indústrias, incluindo:

• Estampadeiras, dobradeiras, prensas, extrusoras.

• Ferramentaria.

• Guilhotinas.

• Linhas de montagem em geral.


Recommended Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *