ENERGIA

Onde usar a IoT na Energia

O setor de energia precisa oferecer um serviço ininterrupto e de qualidade constante aos consumidores. Para assegurar essa continuidade, as empresas do segmento, principalmente as distribuidoras de energia, precisam driblar os altos custos de manutenção da rede elétrica em busca de maior eficiência operacional – e a internet das coisas (IoT), uma das tecnologias mais faladas atualmente, pode ser uma ótima aliada para superar esse desafio.

A obtenção de dados mais precisos do campo ajuda na gestão de ativos-chave – tais como transformadores, isoladores, cabos, etc – permitindo maior adoção de ações “remotas”. Hoje, as distribuidoras já realizam diversas intervenções automáticas na rede, mas as possibilidades que IoT traz são imensas: dados para melhor isolamento de falhas, detecção de problemas mais rapidamente, até a prevenção de uma queima de transformador através de informações analisadas através de novos ângulos. Por que não se imaginar a chance de detectar uma queda de árvore em um cabo energizado durante uma chuva? Muitos dispositivos, religadores e chaves, por exemplo, precisam de baterias e muitas vezes só se descobre que estão com problemas quando se precisa usá-los. A capacidade de se identificar a vida útil dessa bateria garantiria que todas estivessem em perfeito estado nesses momentos mais críticos.